Condição rara: a menor menina do mundo continua a desafiar a opinião dos médicos - Maisvibes